cancelar
Showing results for 
Search instead for 
Do you mean 

A frustração como definição da experiência de league na s8

Dragão

A frustração como definição da experiência de league na s8

Olha, eu não sou muito do tipo que faz postagens no fórum, em geral eu só respondo pessoas ou  tópicos, mas, elaborarei um texto comentando alguns pontos, que com certeza qualquer jogador casual deve sentir hoje em relação ao modo como a riot administra o league. Vale lembrar que não somente eu , mas doublelift compartilha de opiniões parecidas, laboratorio de zaun também, e diversos tópicos no reddit confirmam minhas idéias

É inegável que essa season está sendo complicada para a popularidade do lol. E sinceramente, existem muitos fatores envolvidos nessa bagunça toda que está acontecendo, a maioria deles resultado da administração da riot games. Vamos enumerá-los, para um facil entendimento:

1- season 8

dentre os problemas, eu considero esse o mais aceitável. A season 8 trouxe as runas reforjadas , um sistema de runas complexo e novo no jogo. É completamente normal haver problemas no quesito de como as runas funcionam. No ínicio da season, todas as árvores possuiam ao menos 1 ou 2 runas que estavam totalmente fora da curva em algum personagem ( clepto para gp e ezreal, pos choque para tanks, livro de feitiços em certos magos e tanks ).Na minha opinião, esse aspecto, por mais que gere certa frustração, deve ser entendido e de certa forma amenizado, por se tratar de um sistema, como dito anteriormente, novo e complexo ( mesmo assim, gerou uma carga de frustração imensa durante a maior parte do ano)

2- patchs gigantes

Quem joga lol a mais tempo, caso se lembre bem de como os patchs era nas season passadas, com certeza vai reparar na diferença de TAMANHO dos patchs dessa season e das passadas. Kd patch dessa season parece uma pré-season. E isso dificulta a vida do jogador casual ( que não consegue se adaptar a grandes mudanças, tão bruscas e contínuas), e afeta o jogador profissional ( exemplificado pelo doublelift, muitos jogadores simplesmente não fazem mais streams regulares, por estarem sempre treinando o meta, e coisas parecidas) . Quando olhamos o Dota2 , concorrente mais próximo do LOL , seus patchs são inclusive maiores que os do LOL atual, porém, são extremamente espaçados, ficando, se me lembro bem, mais de 1 mês com o mesmo patch, dando oportunidade para todos de explorar todas as potencialidades do novo conteúdo.

3-Inadequação de jogadores casuais

Além dos patchs monstruosos a cada 2 semanas dificultarem a vida dos profissionais, deixa o jogo incrivelmente mais complexo de ser estudado por jogadores casuais. Quem faz faculdade ou trabalha ( ou os 2), sabe como é IMPOSSÍVEL ficar entendendo todas as mudanças e todas as picuinhas que mudam a cada patch, de cada lane. Eu mesmo não consigo mais acompanhar os patchs, faço faculdade e estágio, só não **cogumelo do teemo** mais de eu sentar 2 ou 3 horas pra ler e pesquisar sobre o patch e possíveis tendencias do que usar na soloq. Além desse fator, jogadores casuais são tomados por uma comunidade que realmente não os ajuda a entender o jogo. Quem ja criou smurf sabe como é um SACO upar ela.

4- Novos jogos no mercado- efeito fortnite

Esse efeito é totalmente normal de ocorrer. Nenhum jogo dura pra sempre, é fato. Antes do lol , o maior icone game que eu me lembro era world of warcraft. Seu ápice, wrath of lich king. Proporcionalmente, wow era um ícone da cultura gamer/geek, e a blizzard até mesmo hoje é lembrada como aquela que criou wow. Porém, wow decaiu, mobas como o dota 1 chegaram como uma opção mais casual ao jogador, que o extensivo wow ( pra quem nunca jogou , jesus , que jogo complicado). Esse mesmo efeito ocorre hoje, ao meu ver, com o lol, na medida em que houve o surgimento e popularização do genero battle royale. Hoje, as streams de fortnite são mais populares e mais asssitidas que as streams de lol. 

é importante destacar também que esse efeito também recebe influencia da riot. Na medida em que jogadores profissionais não tem tempo para stream, devido aos patchs incrivelmente grandes, que diminuem seu tempo livre fora dos treinos,  as visualizações consequentemente caem.

5- Conteúdos pouco interessantes, campeões mal desenvolvidos

Cara, quem lembra do anuncio do jhin ? do bardo ?do ekko?  ou do mapa de aguas de sentina no rework do gp ? cara, era MUITO FOD4. Hoje, tu pega os anuncios de coisas mais recentes, o mais legal foi o do pyke, o resto, tipo kai'sa , rework do aatrox, entre outros, são relativamente mais simples e menos atrativos.

Outro ponto é o pouco desenvolvimento de campeões. Cara , de novo, o pyke é um boneco estiloso e pá, mas ele é MUITO genérico. TODAS as suas habilidades ja existem de certa forma. O aatrox também não possui nada muito marcante.

Outro ponto também, com relação ao mal desenvolvimento, é o modo como campeões são entregues no jogo.  Quem lembra do lançamento da camille ? dica: 60% de win rate no MESTRE + ( Isso é tipo , ABSURDO) . zoe : hit kill com uma skill , ou então o rework de classes dos assassinos, dos magos e dos colossos, que DESTRUIU o jogo durante alguns patchs . Em compensação, os campeões mais recentes, ao invés de serem muito fortes, são lançados MUITO fracos ( aatrox, kai-sa, pyke, entre outros.  ) . Imagina o hype que você cria vendo uma cinematic de um boneco, pra chegar na hora e jogar e descobrir que ele tá injogável por estar fraco?

6-Balancemento frustrante( a solução de um problema leva à criação de outro problema)

Ja faz algum tempo que, quando alguma coisa sai da curva no lol, a riot ou exclui, ou torna inviável, ou faz uma modificação que atrapalha outro grupo de jogadores. Exemplos : flamula excluida ( por simplesmente não saber o que fazer com o item) , tp nerfado ( visando nerfar a estratégia do bot, afetou MUITO a top lane, ao ponto de ser melhor levar ignite ou exaust ao invés de tp em alguns jogos), gold funneling ( arregaçou a vida dos junglers em geral), itens de critico destruidos ( visando diminuir o spike do adc no mid game, literalmente deixou adcs de critico quase inviáveis durante 1 mês inteiro, e até hoje é complicado de se jogar de adc)

7- PBE é inutil

Sério, de vez em quando, algumas coisas chegam no live, e tu se pergunta como raios o trem chegou no live. Quem lembra qnd o galio recebeu uma modificação no Q , e ele dava HIT KILL com 2 itens de ap em qualquer mid ou adc do jogo ? isso chegou pro live, e foi revertido com uma correção em poucas horas. E na boa, esse problema é grave. Um dos motivos de world of warcraft estar em uma decadencia GIGANTESCA é pelo fato de o servidor de testes ser INUTIL, e cada expansão nova, as classes de lá chegam quebradas de alguma forma. Ao meu ver ,a riot cada vez mais deixa de seguir sugestões da comunidade. ( que fique claro uma coisa : a maior parte da comunidade não sabe o que fala, na maioria das vezes elabora argumentos fracos para justificar suas frustrações. O mais atual são alguns tópicos reclamando de um buff no fizz no pbe , sendo que depois desse patch , o bicho ficou HORRÍVEL)

8- Políticas de publicidade questionáveis.

Esse ultimo tópico ja foi mencionado la em cima, em parte. Vá no youtube e compare o numero de visualizações do teaser do jhin e do bardo, e compare com o da kai'sa , ou do novo aatrox. Cara, a divulgação do conteudo ta MUITO ruim.

outro ponto, que faz mais sentido no Brasil, é o patrocinio de youtubers que NÃO jogam lol . Na boa, a riot está vivendo um problema essa season, e ao invés de tentar manter os que estão atualmente, tentam conquistar novos jogadores, através de youtubers que NÃO se interessam por lol, que possui um publico que NÃO quer saber de LOL . Sério, o dinheiro gasto nesse trem poderia fazer coisa mais util. Poderia incentivar mais o projeto do laboratorio de zaum por exemplo, ou de outros youtubers pequenos/médios. Mas não, bora dar trocentos mil reais pra atrair sei la, uns 10 mil jogadores ? talvez ? e o que vai acontecer quando eles chegarem no jogo, e verem todos os problemas que eu listei ? os patchs monstros, periodos em que mudanças quebram o jogo, e uma comunidade relativamente pouco receptiva ?

 

é cara, vlw quem leu esse trem gigante , mas acho q é isso. Quem tiver mais alguma coisa pra acrescentar , é nois.

4 RESPOSTAS

Re: A frustração como definição da experiência de league na s8

1 - Não concordo nesse ponto.
Runas reforjadas ficou extremamente mais simples e melhor do que antes até para o jogador casual.
Tava meio bugado meio trolado as runas do lol antigamente, alguém poderia abusar de 1 ou 2 atributos ficar estranho a jogabilidade e totalmente bugada e horrivel.
Acaba com a estratégia já que vc não tinha como saber o que o cara iria fazer (Ganhar de poderes) pq vc não via as runas dele.

O resto eu concordo e principalmente condeno os reworks insistentes e o lançamento de campeões em excesso toda hora.
O Rift já está lotado, os 10 bans já não dão conta da imensa quantidade de campeões disponíveis.
Dragão

Re: A frustração como definição da experiência de league na s8

o negocio não é que eu acho q as runas reforjadas são piores que as antigas, e sim que , durante os 3 ou 4 primeiros meses, kd hora uma estourava e dava um problema diferente. O conceito é MUITO melhor, mas os problemas no inicio do ano , man , meu deus.Até hj da problema. Antes do nerf da runa conquistador, velho, que inferno jogar top contra um carry que levava isso. Só n dava .
Aronguejo

Re: A frustração como definição da experiência de league na s8

Acho que os dois maiores problemas da riot nesse ano foram os patches que vieram gigrotescos, mas sinto que as mudanças já estão sendo suavizadas inclusive pelo último post de notas de atualização que mostrou uma séria preocupação para com o meta atual visando a volta dos tanks, porém deixou claro a demora que vai ter para estabilizar tudo isso. E é melhor assim. Mudanças pequenas e gradativas, ajustes necessários. Os patches pareciam querer brincar de ping pong com o jogo, deixando uma hora algo forte depois nerfando isso até ser inútil. Em um intervalo de um mês entre tudo isso. Isso frustra qualquer um e complica a vida de qualquer um. A mudança nos atiradores foi só uma gota d'água para esse problema. Mas graças ao mesmo problema de patchs consecutivos essa mudança muito detestada pela maior parte da comunidade já está sendo arrumada. De qualquer forma acho que as críticas constantes ajudaram sim a suavizar as mudanças e de alguma forma é impossível a comunidade ter zero influência em um dos maiores jogos do mundo.
E o segundo problema é a toxicidade. O que estraga a experiência de novos jogadores, de antigos jogadores e faz com que league of legends se torne chato e deixe de ser recomendado é a própria comunidade. Não vejo isso como algo que a riot tenha 100% de culpa e obrigação de resolver, as pessoas são idiotas e é difícil lidar com isso. Mas se torna insuportável jogar um jogo que já é cansativo, entrar numa partida de 40 minutos e literalmente toda vez que você perder você se estressar com alguém ou ver alguém discutindo. É assim que é o lol. Do level 1 ao 1000, do bronze ao challenger em solo e flex, a cada 10 derrotas, 9 tiveram discussão no time perdedor. Sendo otimista, porque acho que o mais certo diria dizer a cada 100, 99 tem estresse.
Sempre achei o ban por rage pesado, até porque tem o sistema de mute, ninguém é obrigado a ouvir nada que você escreve ou pensa durante a partida. Mas somos seres humanos e gostamos de interação. E fica muito pesado jogar um jogo que você já espera se estressar com a comunidade.
É difícil, mas a comunidade estraga o jogo muito mais do que a empresa, league of legends é um jogo super complexo, difícil de balancear e impossível de agradar a todos e mesmo que as vezes a riot tome decisões que desagradem a quase todos, ficar falando que o jogo tá ou vai morrer não ajuda em nada. League sempre foi tóxico, mas antes era comum aquele esteriótipo de hastad que vai xingar todo mundo e tomar report no final. O rage era pior visto em certos elos (como platina) e parecia ter uma camada tranquila de jogadores. Hoje em dia parece que não importa quem e não importa o elo ele uma hora ou outra vai começar a discutir com alguém.

Dragão

Re: A frustração como definição da experiência de league na s8

dude , comunidade n tem muito poder de interferencia comparado a empresa. Eu sou da linha que o rage, desde que esse não seja do tipo racista, homofobico, misógino, etc, e nem seja do tipo trolar a partida, é algo do tipo tanto faz. É um jogo competitivo, todo mundo que quer levar a serio fica p da vida com o jogo e é isso. Obvio q se a riot quiser, ela pode fazer igual o rainbow six siege, que agora ta com uma politica de 0 tolerancia pra rage. Pegou vc xingando ? ban temporário, pegou de novo? ban permanente , mas n acho q resolva muita coisa .
No final quem toma decisão no jogo é a empresa. A riot atualmente faz coisas com o lol igual a blizzard faz com wow. Digamos q wow está afundado, pra dizer o mínimo, e a riot está indo pelo mesmo caminho em alguns pontos.