cancelar
Showing results for 
Search instead for 
Do you mean 

Riot, fazendo merda até fora do jogo.

Arauto

Re: Riot, fazendo merda até fora do jogo.


@DarknessPuppy@  escreveu:

Agora que vi esse tópico KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

 

Macho é uma coisa frágil mesmo, né não?

 

Não pode ver uma oportunidade que começa a chorar eternamente.

 

Muito sensível.


"MACHO SER MUITO FRAGIL NÃO ACHA O CLISTONOFONES"
"Ok, vai lavar **cogumelo do teemo** ai"

"Manas, precisamos falar sobre o machismo nos games"

Arauto

Re: Riot, fazendo merda até fora do jogo.

Ninguem é bem visto pelos pais jogando video-game.
Proximo
Arauto

Re: Riot, fazendo merda até fora do jogo.

"Quem te disse que mulheres naturalmente não se interessam por video game? Que código genético imprimido da mulher é esse que é novo pra mim?"

A realidade objetiva empírica refletida em estatísticas.

"Sabe porque mulheres não são tão presentes no mundo dos games na história? Porque homem que jogava video game era "cool", era "legal". Mulher não podia fazer isso, mulher tinha que ser treinada a lavar **cogumelo do teemo**, arrumar a casa, cozinhar. Cuidar da família."

Não, nunca foi cool, você esta inventando.

Aronguejo

Re: Riot, fazendo merda até fora do jogo.


@DarknessPuppy@  escreveu:

@Sky01@  escreveu:
Qual o problema de ser 70/30 no lugar de 50/50?
Simplesmente homens naturalmente se interessam mais pelo assunto que mulheres, e tudo em.


 

Quem te disse que mulheres naturalmente não se interessam por video game? Que código genético imprimido da mulher é esse que é novo pra mim?

 

Sabe porque mulheres não são tão presentes no mundo dos games na história? Porque homem que jogava video game era "cool", era "legal". Mulher não podia fazer isso, mulher tinha que ser treinada a lavar **cogumelo do teemo**, arrumar a casa, cozinhar. Cuidar da família.

 

Quando eu tinha 15 anos eu ganhei meu primeiro vídeo game, um Nintendo 64, eu chegava da escola, sentava na minha cama e ficava o dia todo jogando. Não era esperado nada de mim além disso, era tudo que eu tinha que fazer. Estudar, jogar e tomar banho. Minhas obrigações. Minha irmã de 16 anos não podia fazer isso, o trabalho dela era lavar a **cogumelo do teemo**, colocar a roupa suja na maquina e varrer a casa.

 

Quando meus pais chegavam em casa que a casa estava uma zona quem tomava esporro era ela. Pra mim isso era normal na época. Minha irmã não podia jogar porque jogar era coisa minha, do filho homem. Eu quem ganhava os vídeo games. Hoje minha irmã gosta de jogos, mas na época ela não tinha a oportunidade de gostar.

 

Esse é o problema de 30% vs 70% que as pessoas não entendem


Mto true isso, falar que queria um video-game ou pistinha da hot wheels minha mãe já ficava de carão, sempre forçava boneca que eu não conseguia achar graça:v só tive um mega drive por insistir mto com meu pai e mesmo assim era mto limitado jogar no tempo livre. Só melhorou qdo tive meu próprio dinheiro pra comprar e mesmo assim tem crítica-q

Re: Riot, fazendo merda até fora do jogo.

@godquiron
Você é inteligente e tem um incrível potencial para ampliar a psique, andei lendo o que você escreve. Mas infelizmente teria que fazer auto-observações ou terapia para se livrar desses devaneios paranoides que você tem, eles são bem graves.

Re: Riot, fazendo merda até fora do jogo.

@Morion 
Qualquer coisa este vídeo mostra qual foi a reação ao ler sua postagem pela primeira vez, se tiver interessado pode ver.
https://www.youtube.com/watch?v=IYVWUrir9cc

Re: Riot, fazendo merda até fora do jogo.


@Sky01@  escreveu:
"Quem te disse que mulheres naturalmente não se interessam por video game? Que código genético imprimido da mulher é esse que é novo pra mim?"

A realidade objetiva empírica refletida em estatísticas.

"Sabe porque mulheres não são tão presentes no mundo dos games na história? Porque homem que jogava video game era "cool", era "legal". Mulher não podia fazer isso, mulher tinha que ser treinada a lavar **cogumelo do teemo**, arrumar a casa, cozinhar. Cuidar da família."

Não, nunca foi cool, você esta inventando.


 

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

 

Nunca foi cool jogar video game, ainda assim a empresa de games foi criada com presentes de pais para seus filhos.

 

Pasmem amigos, video game é um dos o presente mais dado para crianças. Imagina só a decepção do pai ser obrigado a dar um vídeo game caro pra uma criança.

Dragão

Re: Riot, fazendo merda até fora do jogo.

pag 12 agora galera

Aronguejo

Re: Riot, fazendo merda até fora do jogo.


@Sky01@  escreveu:
Ninguem é bem visto pelos pais jogando video-game.
Proximo

Fala isso pra minha mãe que não deixava eu jogar por ser "coisa de menino" e pra mãe dos meus coleguinhas da rua que adorava deixar eles jogarem direto pq era diversão:v

Re: Riot, fazendo merda até fora do jogo.


@Igorhokage@  escreveu:
Percebi que esse AmericanTundra está quase se estressando por causa de um simples post em fórum kkk.E não, eu NÃO procurei os campeões que você joga, isso não me interessa.Eu NÃO entrei em seu perfil nem nada disso.Eu citei -main J/L/N/S- por COSTUME.Eu SEMPRE cito isso em qualquer lugar, desde fórum à youtube à uma conversa com meus amigos.Parece que mais uma vez eu estava certo, o grupo main J/L/N/S é o mesmo, era o mesmo em 2016 e é o mesmo em 2018.Assim como tem o grupo dos main Z/Y/F/K, zed-yasuo-fizz-kassadin, que geralmente está reclamando que seus assassinos estão fracos, tem o grupo Janna, Lulu, Nami e Soraka.Tem o grupo Katarina/LB/Diana..Tem o grupo Syndra/Orriana/Ahri.Cada um tem suas peculiaridades, normal, nada demais.

Percebeu errado, estou bem tranquilo. E se não entrou no perfil, como tinha um print com as minhas informações?

Re: Riot, fazendo merda até fora do jogo.


@Teemö@  escreveu:

@Sky01@  escreveu:
Ninguem é bem visto pelos pais jogando video-game.
Proximo

Fala isso pra minha mãe que não deixava eu jogar por ser "coisa de menino" e pra mãe dos meus coleguinhas da rua que adorava deixar eles jogarem direto pq era diversão:v


 

Eu tive duas irmãs em casa e dois irmãos.

 

Se tem alguém que sabe o que era considerado "papel da mulher" e "papel do homem" sou eu.

 

Video Game sempre foi papel do homem e isso não tem nada a ver com genética feminina KKKKKKKKK esse cara é completamente louco.

 

Sempre teve a ver com o que a sociedade achava aceitável para uma menina.

Re: Riot, fazendo merda até fora do jogo.

Só vou dizer que as coisas mudam. Minha irmã por exemplo é dentista, trabalha fora e meu cunhado que cuida da casa e dos filhos, limpa, faz comida, fica de encanador, mecânico, jardineiro e etc da casa. Eles vivem assim faz anos e nunca tiveram problema com isso, e nem minha família particular.
Entretanto muitas pessoas externas ainda tem preconceito com isso.

Aronguejo

Re: Riot, fazendo merda até fora do jogo.

AmericanTundra, EU com print com suas informações? WTF.Retrate-se.Eu não sou de mentir.É outro cara ali que tem print.EU não.

Re: Riot, fazendo merda até fora do jogo.

  escreveu:
AmericanTundra, EU com print com suas informações? WTF.Retrate-se.Eu não sou de mentir.É outro cara ali que tem print.EU não.

Desculpe, te confundi com o outro colega aí. Mas agora quero saber o porquê de você vir fazer um textão sobre mim?
Aronguejo

Re: Riot, fazendo merda até fora do jogo.

Q.Eu não fiz textão acerca de você.Só a primeira frase foi sobre tu, o resto foi direcionado ao post.Acho que ficou ambiguo mas agora está explicado.

Re: Riot, fazendo merda até fora do jogo.

Tá, é o que seria esse grupo de mains L/J e blá blá blá?
Arauto

Re: Riot, fazendo merda até fora do jogo.

@PRS Emmerich, ah então foi mais por você não ter terminado de ler do que por eu não ter me expressado direito, pelo menos foi o que eu achei vendo sua reação. Ainda mais com o primeiro comentário sendo aquele. kkkkk
Aronguejo

Re: Riot, fazendo merda até fora do jogo.

Não se trata de blá blá blá (no sentindo de algo irrelevante).É tão e somente uma divisão em grupos de campeões que determinadas pessoas/grupo sociais gostam de jogar e a mobilização que esses grupos trazem para dentro do jogo.Não irei citar todos, mas já citei alguns.É apenas uma análise, não se trata de preconceitos.Eu por exemplo jogo com campeões de diversos grupos.Cabe ressaltar que cada grupo trás para dentro do jogo e comunidade suas accepções pessoais, e é isso que acho bonito no League.É muito diverso, tem pessoas de todos os tipos.E por incrível que pareça a maioria delas se respeitam, só que os casos de falta de respeito as vezes inundam nossos olhos nos fazem esquecer as pessoas boas com quem jogamos.
Dragão

Re: Riot, fazendo merda até fora do jogo.

wtf, ta na pag 11 ainda?

Aronguejo

Re: Riot, fazendo merda até fora do jogo.

Por exemplo.LGBTQ+ quase sempre estão em dois grupos : ou de main J/L/N/S ou se jogarem no mid D/K/LB/A.Isso é uma generalização, não regra.É claro que temos pessoas jogando no grupos dos Adcs, ou de L/K/R/K (Lee sin, Kayn, Rengar, Khazix), mas a chance de se encaixarem em um dos supracitados é bem maior do que os citados posteriormente.Então entramos na casa das accepções pessoais.A militância de um grupo J/L/N/S é maior do que por exemplo de um N/V/N/S (Nunu, Volibear, Nautilus e Sion).É apenas para facilitar o entendimento.Creio que ficou claro.