cancelar
Showing results for 
Search instead for 
Do you mean 

Riot, fazendo merda até fora do jogo.

Dragão

Re: Riot, fazendo merda até fora do jogo.

eai galera, bora chegar na pag 20

Dragão

Re: Riot, fazendo merda até fora do jogo.

Mds...
Ainda nessa ?????
Smiley Indifferent
Arauto

Re: Riot, fazendo merda até fora do jogo.

bora
Aronguejo

Re: Riot, fazendo merda até fora do jogo.


@Sky01@  escreveu:
@Teemö
Por que esse algo precisa ser "Balanceado"?

Digo, por experiencia própria, que em todas as experiencias de "Balanceamento" e "Diversidade" eu não vi nenhuma melhora, justamente o oposto.

Eu não vi esse antes, mals. Vc acha 70% vs 30% igual? E me diga quais exemplos que vc viu em que o a diversidade teve efeito oposto, como foi aplicado e por que?

Tropa

Re: Riot, fazendo merda até fora do jogo.

É impressionante como um simples exercicio de EMPATIA resolveria toda essa questão e não teria tanta discussão nesse post (e provavelmente nem existiria esse post)
"Sabe o que seria legal? Um carrinho"
-Poppy
Aronguejo

Re: Riot, fazendo merda até fora do jogo.


@BRZI@  escreveu:
eai galera, bora chegar na pag 20

Página 20 eu acredito

Highlighted
Arauto

Re: Riot, fazendo merda até fora do jogo.

Eles querem atrair interesse da mulher no jogo ,pros novos jogadores nao pensarem que e uma empresa machista , mais quem foi da epoca de jogar cs 1.6 em lan house , sabe que mulher não gostava de boyzin que ficava jogando muito menos interesse em jogo , esse era um padrão da epoca .

Hoje temos o mesmo retrato de antigamente so que agora as mulheres tem interesse em jogos ,por conta do twitch que e uma plataforma que faz as pessoas ganharem dinheiro jogando , pelo menos começou assim , depois que tinha mulheres fazendo live , naturalmente começou a aumentar o publico feminino nos jogos e hoje e basicamente normal.
Tropa

Re: Riot, fazendo merda até fora do jogo.

Iwachi tu falou besteira agora (desculpa não sei como faz pra responder direto ou marcar certo a pessoa que quero responder)
Sempre existiu mulheres que curtem video-game e sempre vai existir. A unica diferença é que com acesso mais facil a internet as pessoas tem mais voz. Simples assim
"Sabe o que seria legal? Um carrinho"
-Poppy
Dragão

Re: Riot, fazendo merda até fora do jogo.

apenas floodando o post, por favor ignorem

Aronguejo

Re: Riot, fazendo merda até fora do jogo.


@Dreizen@  escreveu:
Iwachi tu falou besteira agora (desculpa não sei como faz pra responder direto ou marcar certo a pessoa que quero responder)
Sempre existiu mulheres que curtem video-game e sempre vai existir. A unica diferença é que com acesso mais facil a internet as pessoas tem mais voz. Simples assim

Tb tem aquilo de que menina jogando video game é mal visto pelos pais, ou que deveria amadurecer em relação aos meninos. As coisas vão mudando aos poucos como vc disse, a internet e o acesso a jogos grátis melhorou mto isso a participação feminina.

Aronguejo

Re: Riot, fazendo merda até fora do jogo.

Mano, as coisas mudam mas há coisas que não mudam.Em 2005 a maioria das mulheres férteis pré-25 anos não gostava de nerds de lan house, é como o colega falou acima.Da mesma forma, hoje em dia muitas não gostam, e as que gostam é por ter passado a jogar algum jogo antes masculinizado e/ou pela derrocada das lan houses, a popularização dos consoles e dos computadores de mesa.É lógico que uma pessoa com um computador de mesa em casa e com algum tempo livre vai se sentir tentada a instalar um jogo.E é claro que vai conhecer pessoas novas btw
Só que antes elas não se interessavam por esses lanhouseiros por eles não serem deslocados socialmente igual os ''machões'', ou ''cafajestes''.E atualmente até mesmo os ''cafajestes'' /deslocados socialmente estão jogando jogos online (principalmente por ter um computador em casa).Ou seja, o fato que não muda é o de que os públicos se deslocaram mas os fatores atrativos continuam os mesmos.

Re: Riot, fazendo merda até fora do jogo.

Agora que vi esse tópico KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

 

Macho é uma coisa frágil mesmo, né não?

 

Não pode ver uma oportunidade que começa a chorar eternamente.

 

Muito sensível.

Aronguejo

Re: Riot, fazendo merda até fora do jogo.

Ele não falou algo totalmente besta Dreizen.Tem um fundo de verdade.Podemos comprovar isso de que muitos públicos são atraídos por seus streamers favoritos ou com quem se identificam apenas vendo os comentários do canal da Samira close, por exemplo.Ela postou um vídeo de League of Legends e vi nos comentários várias ''manas'' comentando que não entendiam nada do jogo/não jogavam e só estavam lá pela Samira.O advento da Twitch/Azubu trouxe muitas mulheres streamers e isso chamou o público feminino.Eu só vejo coisas boas nisso.Quantos mais streamers de League variados melhor.
Aronguejo

Re: Riot, fazendo merda até fora do jogo.

Suponho que main J/L/N/S.Conheço de longe só pelo cheiro.

Arauto

Re: Riot, fazendo merda até fora do jogo.

Qual o problema de ser 70/30 no lugar de 50/50?
Simplesmente homens naturalmente se interessam mais pelo assunto que mulheres, e tudo em.

@Dreizen
A sua com o pessoal que foi impedido de entrar na atração do evento, por exemplo.
Aronguejo

Re: Riot, fazendo merda até fora do jogo.


@Sky01@  escreveu:
Qual o problema de ser 70/30 no lugar de 50/50?
Simplesmente homens naturalmente se interessam mais pelo assunto que mulheres, e tudo em.

@Dreizen
A sua com o pessoal que foi impedido de entrar na atração do evento, por exemplo.

MDS é exatamente o que eu to falando a 30min, eles querem despertar interesse das mulheres para igualar ao interesse dos homens, e SE elas quiserem e tiverem o necessario para atuar na profissão elas trabalham nessa área :v

Arauto

Re: Riot, fazendo merda até fora do jogo.

Eu falei besteira ? talvez hoje seja besteira mais antigamente fazia muito sentido , e quem nao entendeu isso a tempo fico sem namorar KKKKK to sendo meio babaca mais era assim.

Logico que o twitch trouxe gente com conteudo interessante /didatico pro lol , mais infelizmente tem gente podre tambem nesse meio que usa nudismo pra atrair donate.
Arauto

Re: Riot, fazendo merda até fora do jogo.

 

E um dos motivos do machismo crescer novamente é por atitudes assim, muito triste essa falta de empatia.
Enquanto umas lutaram bravamente para mudar o mundo, outras estão só jogando os esforços delas em vão.

Re: Riot, fazendo merda até fora do jogo.


@Sky01@  escreveu:
Qual o problema de ser 70/30 no lugar de 50/50?
Simplesmente homens naturalmente se interessam mais pelo assunto que mulheres, e tudo em.


 

Quem te disse que mulheres naturalmente não se interessam por video game? Que código genético imprimido da mulher é esse que é novo pra mim?

 

Sabe porque mulheres não são tão presentes no mundo dos games na história? Porque homem que jogava video game era "cool", era "legal". Mulher não podia fazer isso, mulher tinha que ser treinada a lavar **cogumelo do teemo**, arrumar a casa, cozinhar. Cuidar da família.

 

Quando eu tinha 15 anos eu ganhei meu primeiro vídeo game, um Nintendo 64, eu chegava da escola, sentava na minha cama e ficava o dia todo jogando. Não era esperado nada de mim além disso, era tudo que eu tinha que fazer. Estudar, jogar e tomar banho. Minhas obrigações. Minha irmã de 16 anos não podia fazer isso, o trabalho dela era lavar a **cogumelo do teemo**, colocar a roupa suja na maquina e varrer a casa.

 

Quando meus pais chegavam em casa que a casa estava uma zona quem tomava esporro era ela. Pra mim isso era normal na época. Minha irmã não podia jogar porque jogar era coisa minha, do filho homem. Eu quem ganhava os vídeo games. Hoje minha irmã gosta de jogos, mas na época ela não tinha a oportunidade de gostar.

 

Esse é o problema de 30% vs 70% que as pessoas não entendem

Arauto

Re: Riot, fazendo merda até fora do jogo.


@DarknessPuppy@  escreveu:

Agora que vi esse tópico KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

 

Macho é uma coisa frágil mesmo, né não?

 

Não pode ver uma oportunidade que começa a chorar eternamente.

 

Muito sensível.


"MACHO SER MUITO FRAGIL NÃO ACHA O CLISTONOFONES"
"Ok, vai lavar **cogumelo do teemo** ai"

"Manas, precisamos falar sobre o machismo nos games"