cancelar
Showing results for 
Search instead for 
Do you mean 

Dividindo meu conto.

Aronguejo

Dividindo meu conto.

  • Gostaria de dividir o último conto que eu fiz para meu Game, falando sobre o primeiro elementar de Terra. Espero que gostem :3

 

Segundo Conto: O Primeiro Elementar de Terra |Parte 1|
Nos antigos tempos, onde as Habilidades Elementais não eram conhecidas, um garoto havia descobrido um poder que havia em si ao tocar no chão de grama, tinha se transformado em pedra. Sem saber se era um poder verdadeiro, ele decidiu mostrar apenas para seus pais, que ficaram preocupados com o quê viram, pois a religião de sua tribo era algo muito sério naquela época.
 
Dias passaram, um evento que ocorria todos os anos não era igual aos outros anos passados, a família do garoto estava neste evento enquanto um ataque de uma tribo inimiga estava em andamento, os pais do garoto falaram para pegar seus dois irmãos e fugir, mas o garoto estava tão assustado que havia ficado paralisado com a situação.
 
Os inimigos estavam chegando cada vez mais perto, quando se aproximaram o suficiente para atacar os pais do garoto, o garoto estava voando no luar da noite com os olhos brilhando naquela escuridão fazendo com que as pedras próximas de si fossem em direção aos inimigos, matando todos sem dó e sussurrando calmamente aos que ainda estavam vivos: " Não ouse tocar neles... "
 
Após este ocorrido, os pais do garoto tiveram que pagar com trabalho dobrado, e o garoto teve que ser expulso da tribo por 10 anos, ele se despediu dos seus irmãos e dos seus pais. Ao ficar totalmente distante da tribo, o garoto estava sendo perseguido por ladrões que queriam roubar seus alimentos e o único dinheiro que lhe restava, ele entra em um caminho sem saída e acaba ficando cercado pelos bandidos.
 
O garoto então se concentra, e observa bem a posição de cada bandido presente ali, ele então salta a montanha em que estava, os bandidos achavam que ele havia se matado para não conceder suas coisas à eles, mas mal sabiam que o garoto estava apenas ativando a sua habilidade de asas de pedra que assustavam qualquer um com sua aparência monstruosa.
 
Segundo Conto: O Primeiro Elementar de Terra |Parte 2|
Os bandidos ficaram aterrorizados e tentaram escapar, mas acabaram com um mal fim, quando sua habilidade acabou o garoto ficou ferido, ele sabia que sua força vital estava sendo consumida e então decidiu começar a treinar por esses 10 anos. Quando esses 10 anos finalmente chegaram, o garoto já era um homem formado com 21 anos, tribos vizinhas ficaram ouvindo sobre histórias deste homem, até mesmo sua tribo natal a qual ele estava seguindo de volta.
 
Caminhando para voltar para sua casa, o garoto começa a escutar gritos e vê destroços pelo chão próximo à sua tribo, ele então começa a correr em meio à uma névoa que surgiu em meio ao nada, quando ele finalmente passa está névoa, o homem vê que a tribo em qual havia nascido estava destruído junto de ambas as casas.
 
Ao olhar para o lado, ele vê uma criatura um tanto quanto similar à algum animal, mas aquela criatura estava devorando alguma coisa naquele momento, olhando bem o homem vê que era um alguém de sua tribo, ele tenta chamar a atenção da criatura para largar aquela pessoa mas acaba irritando a criatura que então vai em sua direção com total sede de sangue.
 
O homem então não pensa duas vezes e pulveriza a criatura sem usar uma habilidade, após isto ele corre em direção à pessoa atacada que ainda estava viva e lhe pergunta que criaturas eram aquelas, as últimas palavras que o homem conseguiu dizer foram: " O... Líder... " , ele então vai para a cabana onde ficava o líder e vê que todos os guardas que lhe protegiam haviam sido mortos, como se algo tivesse atacado de dentro pra fora.
 
Ao sair o homem dá de cara com uma criatura semelhante à aquela que ele havia enfrentado anteriormente, só que mais parecida com um humano, olhando bem ele percebe que aquele era o líder de sua tribo e tenta falar com aquela criatura que antes era seu antigo líder. Aquela criatura sabia falar sua língua, mas estava fora de controle e fora de si.
 
 
Segundo Conto: O Primeiro Elementar de Terra |Parte 3|
A criatura começa a ir para cima do homem tentando lhe devorar, mas o homem consegue escapar e se depara com a cena que quebrou seu coração e apagou todos os seus sentimentos. Seus irmãos estavam mortos, quase triturados juntamente de seus pais, perto da sua casa, no lugar o qual ele descobriu que havia este poder, o homem então prepara seu punho e serra bem seus dentes.
 
Furioso, totalmente furioso, ele olha para a criatura que antigamente era seu líder e lhe ameaça com as seguintes palavras: " Você só tem duas opções... corra ou morra. " , a criatura disse: " Não tenho medo... de um mero humano ". Ele então fala calmamente mas com um tom de raiva: " Não tem medo de um mero humano?, mas quem disse... QUE AGORA EU SOU UM?!".
 
A criatura avança em direção à ele, e naquele mesmo momento ele também havia avançado em direção à criatura, o homem havia vencido e ainda estava coberto com o sangue daquela criatura, mas quando ele achou que tudo havia acabado, um grito é escutado e ele vê que havia mais alguém vivo naquele local. Uma garota estava cercada por várias daquelas criaturas que ele havia enfrentado anteriormente, o homem então parte para salvar a garota, a única que restava em sua tribo.
 
Num ataque surpresa, o homem mata as criaturas, mas quanto mais ele matava as criaturas, mais delas apareciam até que chegou o momento em que ele ficou totalmente exausto e suas feridas estavam ficando ainda maiores. A garota então pega uma flor e faz com que o homem coma sua pétala, ele mal havia percebido que suas feridas estavam cicatrizadas e que sua energia estava completamente renovada, e é então que ele percebe que a garota tinha poderes parecidos com os dele.
 
Após todos os ataques efetuados pelas criaturas, o homem leva a garota para a vila principal que conectava todas as tribos e concedia moradias para os necessitados. Deixando a garota lá e lhe concedendo o dinheiro que ele havia obtido trabalhando discretamente, ele parte de volta à sua tribo natal em busca de respostas daquele ocorrido. Pessoas que ficaram sabendo desta história, lhe chamam de Demônio dos Olhos Cristalinos ou então de O Primeiro Elementar de Terra.
Não se esconda :3