cancelar
Showing results for 
Search instead for 
Do you mean 

A semente da verdade

Highlighted
Arauto

A semente da verdade

 

"Há muitos anos, um príncipe estava prestes a ser coroado imperador. No entanto, de acordo com a tradição local, ele só poderia assumir o cargo se fosse casado. E como ainda não era, resolveu fazer uma disputa entre as mulheres da região para encontrar sua futura esposa.

 

Na manhã seguinte, o príncipe anunciou que faria um jantar especial para receber todas as suas pretendentes e, durante o encontro, lançaria o evento. Ao saber disso, uma senhora que trabalhava no palácio há muito anos ficou muito triste, afinal, sua filha mais jovem carregava em seu coração um profundo sentimento de amor pelo futuro imperador.

 

Assim que chegou em casa e contou para a filha sobre o desafio do príncipe, a senhora se espantou ao ouví-la dizer:

 

Mamãe, eu quero participar desse jantar!

 

A mulher, no entanto, não gostou da ideia e tentou de todas as formas desanimar a filha:

 

- Mas minha filha, o que você vai fazer lá? As moças mais belas e ricas de todo o povoado estarão no palácio. Eu sei que você está sofrendo com essa história, mas tire essa ideia sem fundamentos da sua cabeça. Não torne esse sofrimento uma loucura!

 

Mas a jovem continuou:

 

Mãe, eu não estou sofrendo, nem sou louca. Eu sei que jamais serei escolhida, mas essa é a única oportunidade que terei de passar alguns momentos ao lado do príncipe. Só isso já me deixa muito feliz, pois eu sei que nossas realidades são muito diferentes.

 

De noite, a jovem chegou ao palácio. Lá, se deparou com dezenas de belas moças, todas vestidas com lindas roupas e adornadas com as mais belas jóias. Logo após o jantar, o príncipe lançou o desafio às donzelas:

 

Senhoritas, darei a cada uma de vocês uma semente. Aquela que, dentro de seis meses, me trouxer a flor mais bela será eleita minha esposa e futura imperatriz do nosso reino.

 

A proposta do príncipe foi vista com bons olhos pelos anciãos do reino, pois aquele povo valorizava muito o “cultivo” dos bons costumes, amizades, relacionamentos, etc. A jovem camponesa não era das mais habilidosas quando o assunto era jardinagem, mas, ainda assim, cuidou com muita paciência e carinho daquela semente. Ela a plantou em um belo vaso e, todos os dias, regava a terra à espera do nascimento da flor. Ela orava:

 

Senhor meu Deus, se for da Sua vontade, faça com que essa flor nasça na mesma proporção do meu amor pelo príncipe. (A oração se repetiu todos os dias).

 

Três meses se passaram, e nada aconteceu. A jovem tentou de tudo, usou todos os adubos que lhe foram indicados, mas a flor insistia em não brotar. Ela, então, começou a ver o seu sonho cada vez mais distante. O prazo de seis meses acabou e a semente da jovem não vingou. Ainda assim, ciente de sua dedicação e esforço, ela comunicou a mãe que retornaria ao palácio:

 

Mamãe, eu sei que não tenho chances, pois a minha flor não cresceu. Deus quis assim, mas eu levarei o meu vaso ao palácio do mesmo jeito. Posso não ser a futura esposa do príncipe, mas, pelo menos, terei a chance de passar mais alguns minutos ao seu lado.

 

Na hora marcada, a jovem estava lá, assim como todas as pretendentes. Enquanto ela segurava o vaso cheio de terra e mais nada, as outras carregavam flores belíssimas, uma mais bonita que a outra. Muito chateada, ela viu o príncipe entrar no salão e dar início à cerimônia. Ele passou por todas as moças e, quando viu a pobre jovem com o vaso sem flor, a anunciou como a vencedora do desafio!

 

Todos os presentes ficaram surpresos com a decisão do príncipe. Ninguém conseguia entender o porquê dele ter ignorado tantas flores belas para escolher a pretendente que nem havia conseguido cultivar sua semente. Então, com um ar muito sereno, ele esclareceu:

 

Desde que lancei esse desafio, pedi a Deus para que Ele me trouxesse uma mulher digna e que tivesse um coração semelhante ao Dele. E esta moça foi a única que cultivou a flor que a fez merecedora de uma imperatriz. Ela cultivou a flor da honestidade, pois todas as sementes que distribuí eram estéreis e jamais poderiam florescer. "

 

-História popular

 

O que acharam da história? Ela despertou em vocês algum sentimento?

1 RESPOSTA

Re: A semente da verdade

Eu vi essa história em algum lugar e não sinto nada quando vejo. É uma história normal.