cancelar
Showing results for 
Search instead for 
Do you mean 

O novo Pantheon se tornaria caótico?

O novo Pantheon se tornaria caótico?

Finalmente, depois de 6 anos jogando League, somos presenteados com o rework do tão e mais amado (e odiado) padeiro, o Pantheon/Atreus. Talvez não seja algo tão grandioso comparado à atualização de Mordekaiser, mas enfim nós iremos ter um Aspecto pronto para os desafios do futuro e que trará uma nova dinâmica. Desde que League foi lançado, sua mecânica sempre se baseou em atirar lanças, stunar o alvo e matá-lo, e com a ult forçar outras lanes a jogar com mais cautela. Hoje em dia existem campeões muito mais eficientes nisso. Agora vamos focar mais em sua lore.
Desde sua mais recente atualização de lore eu comecei a reparar mais no aspecto por trás de Atreus. Teria sido ele algum tipo de máquina? Vejamos assim: Pantheon, o defensor do monte Targon, sua defesa mais incansável pronto para matar qualquer um que se opunha a montanha de qualquer forma, incluindo usar um dragão celestial para tal. Agora vejamos desse jeito: Pantheon poderia sair do controle?
A Riot disse “vamos ampliar sua história atual, com uma narrativa que fala de deuses e humanos, mostrando como um homem lutou contra os deuses.” Ela estaria se referindo a Atreus? Sendo assim, existe uma chance de vermos um Aspecto que sairia do controle (algo parecido como a lore da Karma antes da atual que alguns mains como foi o meu caso não gostaram nem um pouco). Pantheon por outro lado seria intrigante tendo em vista que sua função foi sempre proteger o Targon, então depois de vários Rakkor, aparece Atreus e decide dar um basta nesse lance de receptáculo do aspecto da guerra, mesmo que precise lutar contra sua própria gente, contra seus próprios deuses. Ou ainda… poderíamos ver a Riot dar uma apimentada nas intenções de Atreus em vingar seu irmão Pylas. Sim Pylas, o sujeito que morreu nos braços dele naquela montanha fria e desolada até o próprio Atreus ser levado e possuído pelo Aspecto da Guerra. Se isso não é a maior sacanagem que pode acontecer a alguém que desejou se tornar forte, mas que no fim foi aprisionado em seus próprio corpo pelo Aspecto da guerra em pessoa, eu não consigo pensar em mais nada do que uma traição, mesmo que para um motivo nobre ainda é uma traição daquelas. Eles basicamente eram inimigos, brigam, depois lutam lado a lado e acabam se tornando amigos, mas quando Pylas morre parece ficar apenas por isso sem contar que as vezes Pantheon parece ser realmente alguém mal e não apenas faz seu dever por ser alguém bonzinho. Ele mataria literalmente qualquer um que representasse alguma ameaça, mas e se alguém de fora quisesse apenas ajuda por estar ferido? Ele a mataria também apenas por certeza?
Será que Atreus está realmente morto no fim das contas? Eu não acredito, não se pensarmos que Pantheon é o único Aspecto que literalmente toma controle do seu escolhido ao invés de Leona, Diana e Taric que podem ser eles mesmos ao invés de outros receptáculos. Quem sabe teremos um rakkor que derrotou o controle de seu aspecto e agora almeja vingança?
Se eu viajei foi culpa do café (sem açúcar, obviamente).
Me digam o que acham.
Até outra hora.
Smokingsweedish.

 

1 RESPOSTA
Aronguejo

Re: O novo Pantheon se tornaria caótico?