cancelar
Showing results for 
Search instead for 
Do you mean 

Ideia de campeão - Daya, a Patrulheira Bestial.

Ideia de campeão - Daya, a Patrulheira Bestial.

Olá Smiley Happy, ultimamente criei um conceito de uma campeã que creio que teria um papel bem original no jogo, sendo algo entre atirador e bruiser, além de pegar conceitos externos pouco vistos em Summoner Rift. Como está no título, seu nome é Daya, e eu me inspirei muito nos patrulheiros do D&D, sua conexão com a natureza e seu companheiro animal. Bom, sem mais enrolações, vamos para o champion:

 

Passiva: Fúria Bestial

A partir do seu quarto hit em campeão inimigos ou monstros, Daya ganha 10-25% de velocidade de ataque e 5-10% de roubo de vida (aumenta com base na quantidade de AAs). Esse efeito dura até 2,5 segundos sem atacar campeões e monstros.

Tempo de Recarga: 14 segundos no LVL.1 (diminui 1 segundo para cada hit em monstro ou campeão inimigo).

 

Q: Marca da caçadora

4 de mana e 4,5 segundos de cooldown base

O próximo ataque de Daya causa 40/75/110/145/180 (+20% AP) de dano mágico adicional. Enquanto estiver em fúria, a habilidade ganha CDR adicional de 30/30/35/40% e fica sem tempo de recarga no level máximo.

 

W: Recuo defensivo-ofensivo

110/100/90/80/70 de mana e 16 segundos de cooldown base

Daya atira uma grande flecha em seu inimigo, sendo levemente empurrada para trás, causando 30% de lentidão nos alvos atingidos por 1 segundo e causando sangramento em inimigos atingidos (o dano de sangramento é aumentado no alvo que fincar a flecha).

(tipo a da cait, mas o hit conta como AA, tem range maior e atravessa alvos).

 

E: Companheiro animal

Sem custo e 32 segundos de cooldown base

Passivo: Daya possui um velho lobo de caça, Lesdeb, como seu fiel companheiro animal. Lesbed não acompanha Daya desde o começo, ele só começa ajudar Daya ao decorrer da partida (funicona tipo a passiva do Kayn; ele deve aparecer entre 10-15 min. de partida). Lesdeb possuí 800/1000/1200/1400/1600 (+100 por nível de Daya + 5% da vida de Daya) de vida, não possui armor nem mr, seu dano de ataque é o mesmo de Daya e ele possuí um pequeno percentual de roubo de vida em seus ataques. (Quando Daya morre, Lesdeb vai junto. Quando Lesdeb morrer, a habilidade fica impossibilitada e Lesdeb só retorna quando Daya ressurgir depois de morrer. Lesdeb sempre fica próximo a Daya e não é focado por monstros e tropas).

Ativo: Sempre que um atacante corpo-a-corpo atacar Daya, Lesdeb o ataca, caso ao contrário, ele não ataca inimigos (apenas tropas e monstros quando Daya os ataca). Quando Lesdeb estiver atacando um capeão inimigo, Daya pode apertar E para ele voltar para perto dela e parar de atacar. Quando Lesdeb não estiver atacando inimigos, Daya conjura a habilidade para montar nele durante 8/10/12/14/16 segundos. Durante esse período, Daya ganha até 60/70/80/90/100% de velocidade de movimento. Esta habilidade pode ser reconjurada em inimigos, monstros ou tropas, fazendo Lesdeb pular nele e atacar-lo, deixando Daya 600 de alcance do alvo.

(Esta habilidade pode ser cancelada por controle de grupos ou por você mesmo, reconjurando-a sem um alvo. Enquanto montada, Daya não pode atacar nem conjurar habilidades).

 

Ultimate: Magia transformadora

100 de mana e 80 segundos de cooldown base

Daya marca uma área no solo (a área é semelhante a ult da Yuumi), causando lentidão em inimos dentro dela. Depois de 1 segundo, a área detona, causando 100/175/250 (+35% AP) de dano mágico e levantando inimigos dentro dela, os aproximando ao começo da range (tipo o E do Swain).

Nota: A ult possuí uma range mínima, não podendo ser conjurada até 500 de alcance de Daya.

 

Notas:

-A range de Daya é semelhante a da Vayne

-Por causa da baixa range e seu kit da habilidades, mesmo sendo uma atiradora de ofício, Daya não seria uma boa ADC (acho que ela seria TOP ou JG).

-Por causa de seu kit e passiva, não compensa muito builds de crítico. Acho que a melho build seria dano com resistência, com itens que aplicam efeitos de contato.

Exemplo de build:

 

Lore: (Bem simples até o momento)

Daya é membra de uma tribo isolada e pacífica de povos animistas, que cultuam a natureza, na região das montanhas nas fronteiras do Reino de Demacia (estilo Druída). Como são praticantes de magia, por tempos, os demacianos julgaram esse povo uma ameaça e os constantemente persiguiam. Jarvan III, a alguns anos atrás, fez a maior chacina na tribo, matando até seus líderes, entre eles, o pai de Daya (na época ela era um bebê). Daya, cresceu, se tornou uma arqueira astuta e que traz esperança a um povo fragilizado. Daya é vista como uma líder para seu povo sofrido, e hoje, ela é a maior liderança da tribo. Por mais que possua sentimentos negativos por Demácia, Daya nunca demonstrou um sentimento de vingança doentio pelo reino. A vida, até então não muito agitada para Daya, muda quando Demacia manda um batalhão de patrulha na região liderado por Quinn. Logo, Daya entra em conflito com eles, criando uma rivalidiade forte com Quinn. Além disso, Daya começa agir como mercenária para o exército noxiano, em uma tentantiva de melhorar a vida do seu povo e impor temor a sua imagem em Demacia.

Inimigos:

 

Forte antipatia:

 

Aliado, mas possuí desconfiança e/ou não aprova seus métodos:

 

Apreço:

 

Bom é isso. Obrigado por lerem até aqui e sintam-se á vontade para dar dicas, propostas de melhoras Smiley Happy Heart

 

 

2 RESPOSTAS
Aronguejo

Re: Ideia de campeão - Daya, a Patrulheira Bestial.

A Daya seria tipo um Gnar ou uma Quinn, mas o late game dela não é tão bom por causa das rate AP dela, que são meio baixas. O champ seria bem divertido, pois têm ataque, defesa e mobilidade. O E é muito bom para dar roaming pelo mapa quando sua rota está avançada e o W pode ser usado para fugir ou para dar um Gap Close (tipo o E da Akali). Fazer ela jungle não seria ruim, pois a passiva dela proca com qualquer monstro, seja pequeno, grande ou épico, e também proca com champ nos gunk. Ou seja, as duas únicas coisas que você vai atacar no jogo como JG vão procar a passiva. Além de que, como JG, você pode usar o E como o W do Nunu, fazendo os drifts pela jungle. Como JG, ela seria como os Kindred, mas menos late game. Os campos da JG não vão ser limpos com tanta facilidade como com os Kindred, mas você vai tomar menos dano também. No Mid, é meio difícil se manter safe se você der azar, apesar da mobilidade do W, porque se você tiver contra um Xerath ou um Vel'Koz, você só vai tomar na cabeça. Se for um Melee, aí você vai poder zonear com o seu range e fugir dos engages com o W. Uma coisa que eu achei confusa é que eu não percebi se o Q se ativa e fica gastando mana, se ativa e fica o efeito por uns segundos ou se fica sempre ativo, mas de qualquer forma é uma skill até que boa. A Ulti não é muito boa, pois no rank 3 o dano bruto da skill equivale ao dano bruto da ulti da Neeko, no rank 1, e o rate AP da ulti da Neeko é 130% (É claro que se você colocar 130% de escala de AP, todo mundo vai achar roubado. Acho que até já nerfaram o R da Neeko, mas pronto), ou seja, a Ulti não é tão boa. Acho que pelo menos reduzir o Cooldown e aumentar o dano bruto já seria o suficiente, pois essa ulti só demora 1 segundo a explodir. No Top, é tudo mais tranquilo, fica farmando igual um Nasus até fechar build e acabar com o jogo. E é só, eu acho que a faria JG com uma build parecida com os Kindred mas com um ou dois itens de lutador.

Eles sabem que vamos chegar...

Contudo, nunca estão preparados.

- KinDred

Re: Ideia de campeão - Daya, a Patrulheira Bestial.

Obrigado pelas dicas Smiley Happy. Fiz algumas alterações que melhoram o late game da campeã e mudei um pouco a passiva e o Q para se tornar mais viável na JG, além de ter diminuído pela metade o cooldown da ult. Os escales AP eu deixei baixo de propósito para não ser muito apelão, podendo ficar muito forte com builds AP (como o Jax). vlw pelas dicas e por ajudar melhorar o champion, quem sabe no futuro eu consiga até fazer uma fanart dela.