cancelar
Showing results for 
Search instead for 
Do you mean 

Analise comparativa de jogo da LCK comparado com o CBLOL

Highlighted
Aronguejo

Analise comparativa de jogo da LCK comparado com o CBLOL

Caso tenha algum erro, me perdoe, fiz sozinho, tentei corrigir ao máximo, caso apareça algum erro, me aponte para eu editar.

 

O competitivo do League of Legends brasileiro sofre, além do não engajamento dos times falta de conhecimento em alto nível.

A parte técnica sofre de um problema chamado narcisismo. Pode notar, todos que se denominam doutores em league alegam que jogam o jogo desde o servidor da NA, “ eu jogo esse jogo desde o momento que o Tryndamere penso no jogo, eu estava na mente dele jogando”. Parabéns, você pode conhecer os itens que foram tirados, mas existe muita coisa além disso para entender o competitivo.

Não me importo, vou ser “escroto”, porque cansei de ver minha região ser penalizada por causa de ego e amadorismo.

Eu estudei muito a lógica do MOBA, tenho três anos de Dota 2, e comecei a jogar League na season 7. Olha, eu não sei os itens que foram excluídos, em real eu sei, porque estudei toda a evolução do jogo, mas nunca joguei com eles.

Meu objetivo aqui não é ser demagogo, vou logo explicando esse post.

Vou analisar um jogo da LCK, de forma de alto nível. Caso eu use algum termo muito técnico, por favor, seleciona o trecho e comente pedindo para eu detalhar mais, porque esse post é exatamente isso, desmistificar.

De forma didática, vou explicar tudo da fase de pick e ban. Com objetivo de fazer a comunidade despertar e entender o que está errado no nosso cenário.

O jogo é o seguinte: https://www.youtube.com/watch?v=48CFJi_QIUc

SKT vs Afreeca, Semana 10, Split de primavera.

Como vocês podem acompanhar a análise: Vou colocando o timing dos eventos na fase de pick e ban, e comentando eles pontualmente explicando de forma totalmente objetiva o jogo e mostrando como funciona os picks.

 

Clique : ARQUIVO NO FORMATO PDF

 

Antes eu preciso que vocês entendam um dos fundamentos do MOBA: Tempo.

O jogo é baseado no tempo.

A riot estrutura tudo baseado tudo no tempo de jogo, o XP e o gold é controlado pelo tempo (é mais fácil perceber o gold). A empresa arquiteta (de forma perfeita) o power spike, ou seja, onde estão os momentos fortes de cada personagem, criando assim a oportunidade de todos poderem vencer. (Há exceções)

Se a riot constrói o jogo baseado em tempo, o que se pressupõe que a composição profissional cubra todo o tempo do jogo com picks.

Por exemplo, achei mais fácil usar um exemplo. Um jungle de early game forte pode sustentar enquanto os aliados crescem.

Os picks e bans é uma dança.

Os picks são para preencher esse tempo, sendo dividido em early game, ou lane fase (0 a 15), early-mid (15 a 20) mid game (20 a 25) late-mid (25 a 30) e LATE GAME (30 em diante).

Os bans são para privar de o time inimigo colocar pressão nas rotas ou no jogo em que o time quer o tempo de vantagem.

Vamos ao jogo.

Se puder imprimir o esquema e acompanhar com o jogo, ou abrir em uma aba, vou colocar em PDF e disponibilizar para facilitar para ver.

Primeiras explicações

A diferença do time azul para o vermelho é que se tem mais liberdade de colocar sua estratégia no jogo do que só responder, é uma tendência quem fica no time vermelho tentar responder. Perceba que no Brasil se dá valor em ser reativo, time vermelho, do que azul que é criativo. Isso é um traço de problema técnico.

Fase de Ban I

12:08

Cada ban tem um significado.

Galio é banido, isso significa que a SKT não quer rotação acontecendo no early-mid. Sem pressão, pode-se por pressão ou se farmar tranquilamente para escalar bonecos mais frágeis no early-mid.

Adendo: estão usando ele de suporte só para ter esse potencial de pressionar a roda do mid com seu ult. Sem precisar deixar recurso em sua mão.

A Kalista é opressora, quem vê a live do Yoda (como eu) sabe dessa referência. A vingadora é a mais opressora quando forte, ela não tem contra jogada. E mais para frente, vocês verão que a Afreeca fez certo em banir a Kalista.

Adendo: se a Kalista estiver com seu potencial ao máximo ela pressiona a lane e depois ajuda a conquistar objetivo, não tendo uma contra jogada, em nível profissional, que se tem um controle de rotação e se coíbe da kalista ser foco de gank.

12:24

Zoe é banida. Mesmo efeito que o Gálio, ela coloca pressão no mapa, ela dá out play no laner e sai para ajudar os aliados.

A SKT ou quer pressionar no early e não quer alguém que responda ou quer escalar algum personagem.

Como resposta o ban no Sylas, exatamente porque ele é o melhor laner do jogo (01/04/2019) a pressão que ele exerce é gigante.

A chance da Afreeca perder é enorme, porque ela está só respondendo a SKT, que está criando uma estratégia — pressionar o time inimigo no early— nesse jogo veremos um efeito “monstro de Frankenstein” porque a composição da Afreeca vai ser toda separada sem lógica. Como pedaços de corpos costurados juntos.

13:03

A SKT baniu outro personagem de rotação forte, Talliah; assim como o Galio o potencial de pressão no mapa é enorme, principalmente no level 6. Ela limpa os minions da sua lane facilmente com um combo e já está pronta para dar follow-up com o jungle nas sides lanes. ( Galio, Zoe, Ryze funcionam assim no early, mas cada um tem uma particularidade)

Em resposta, e veja que é constante a Afreeca ficar só respondendo a SKT, Lissandra, porque ela é extremamente opressora na lane fase e sua Team Fight, que começam no early-mid game, é extremamente forte.

Nesse final de fase de ban já conseguimos construir a ideia dos times:

A SKT está procurando evitar que coloquem pressão pelo mapa. Isso abre para duas estratégias: segurar o jogo para poder escalar um personagem forte, ou pressionar no early e acabar com o jogo cedo sem tomar nenhum tipo de resposta.

13:27

Como disse a SKT quer por pressão, a equipe de Faker’s and friends (blasfêmia) pegou Jayce, laner buller por excelência.

A Afreeca respondeu, e de forma errada, para coibir da SKT pegar, um pick que não vai fazer lógica na sua composição. O Ryze tem um ult de rotação forte, mas ele precisa de item, ele não tem o mesmo potencial da Talliah no early game. Outro problema é que o mago azul precisa da gota para assim começar a ter lane fase, precisa de um jungle que o ajude para ele não tomar pressão e mesmo assim, ele no mid game todo não faz nada, ele é late game, 30 min para poder escalar.

 13:50

Lucian é um adc ofensivo. Que tem um potencial enorme de pressionar o inimigo e como é um jogo competitivo baixa chance de ser gankado. O Track do jungle é muito mais preciso nesse nível de jogo.

A resposta foi a altura, Ezreal é equivalente ao Lucian em pressionar, o único problema que ele precisa da sua gota, ou seja até os 8 minutos ele toma pressão.

O suporte para ser pego é diferente, precisa se adequar a necessidade do adc (aqui está uma dica que vale para main sup) O Lucian precisa de follow-up em suas investidas e o Ezreal precisa de alguém que aguente e ajude ele aguentar até sair a gota.

14:20

Exatamente, você vê um Tamh Kench para segurar esse early. E uma das deusas do Follow-up, a Lulu.

Acabando a fase de picks vemos os primeiros power spikes dos times.

Jayce é early-mid.

Ezreal é Mid game

Veja que um cobre o buraco do outro no tempo.

 Pela Afreeca:

Ryze lane fase e late game.

Lucian Mid game.

Aqui não acontece.

  • O suporte não tem power spike, eles trabalham em outro ritmo. Estão sempre fortes para poder ajudar, mas sempre fracos para carregar (sadomasoquismo)

Fase de Bans II

Veja que a ordem dos bans mudou a Afreeca agora que inicia banindo. O sistema dá abertura para o time vermelho criar e não ficar totalmente fechado a só responder. Mas o time vermelho não usou isso a seu favor, continuou nessa estrutura defensiva.

14:51

A responda da Afreeca foi tirar um jungle de pressão, que tem um potencial de dive enorme. Esse ban mostra que a Afreeca já entendeu qual é a da SKT. O time do Faker vai pressionar o early.

Em resposta, e a única coisa que a SKT, consegue deduzir de alguma estratégia ou possibilidade de problema, é banir a Vayne, que com a ajuda do Ryze segurando o jogo pode ficar forte e virar um problema. O lucian iria para o mid ou Top.

Rek’sai é o mesmo que a Elise, pressão no early.

A Akali também é um problema na comp da Afreeca porque ela é tem um potencial de desengage enorme, e personagens de Early game tem um foco em engange.

Fase de Pick II

Jarvan IV é um jungle early, e a Afreeca fez de novo, pegou para não deixar para a SKT, criando um monstro de Frankenstein sem lógica, sendo só parte da estratégia roubada do time do Faker.

Em resposta a SKT pega Lee Sin o melhor jungle early game, uma rotação incrível, por isso ele é difícil de jogar, porque ele é um boneco muito completo. Concretizando o foco do time tri campeão mundial no early game.

16:21

No final vemos uma Le Blanc, que funciona como a Zoe, out play no laner inimigo e pode rotacionar com o jungle em ganks, pressionando o mapa. Com foco em dive, já que o lee sin tem facilidade de entrar e a Le blanc também.

E respondendo, de novo, a afreeca pega Syndra, um desengage, que pode anular uma investida.

 

A organização do tempo ficou assim, por power spike:

SKT

Jayce, Lee Sin, Le Blanc early game

Ezreal sozinho para continuar a pressão no mid game, ele funciona como um suporte, porque ele começa a ficar forte quando os 3 personagens das outras lanes ficam fracos. Mas como o jogo ta focado no early e a Afreeca não tem resposta à altura o top jungle e mid da SKT vão snowbolar.

 

Afreeca

Jarvan e Syndra

Lucian no Mid game.

Ryze Late game.

Veja que não tem consistência esse time.

Como falei antes, a SKT está criando e a Afreeca respondendo, pela inconsistência do time vermelho dá para se ver que eles vão perder esse jogo, só pelo início do jogo.

Eu vou me ater só até a fase de picks por tamanho dos post, mas se eu ver necessidade vou fazer um jogo todo. E agora começo comparando com um jogo do CBLOL.

Agora vem o momento que eu passo raiva, eu sempre fui e sou apoiador de E-sport, desde o dota 2, fico lá torcendo, mas não tem como, eu preciso fazer algo. Aqui está, analise de um jogo de CBLOL e toda sua “lógica”.

Jogo CBLOL: https://www.youtube.com/watch?v=LTm0YOg0fq4

Fase de Ban I

0:20

Começamos com ban na Lissandra, pelo Flamengo, que como vimos não tem tanta prioridade, mas ela é opressora no early e tem uma team fight muito forte, podemos pensar que o Flamengo está tentando ou pressionar early Game ou segurar o jogo.

O ban do karthus me deu ódio, não existe outra palavra, o deus da Morte é late game, precisa de suporte dos aliados, era mais fácil banir os aliados que podem ajudar, porque a estratégia do karthus pode ser usada com: Viktor, Cassiopeia, Fiora, Vayne, Azir, Camille, Corki, Gangplank, Irelia, jax, Kai’as, Kassadin, Kayle... Acho que mostrei que banir o Karthus não tem valor, porque ele precisa de tempo. O ceifador não tem hit-kill level 6.

O flamengo está mantando a ideia de não tomar pressão, O Aatrox é o senhor do top contra a maioria de picks que vão lá, mas ele tem um problema, dois na real, se ele ganhar a lane é só isso que ele faz, de resto vira um cone. Se ele perder a lane ele vira um cone que feeda.

A Keyde continua tirando carry, não consegue tirar todos, são poucos bans para vários bonecos que podem se encaixar. Eu acho que o Nelson nem sabe o que está fazendo...

A Keyd tem que tirar jungles que seguram o early, Sejuani, por exemplo ela faz suport para todos os personagens que listei acima. Talliah também coloca pressão de rotação tirando o foco do carry de late, e se for karthus jungle Aurelion Sol pode ajudar o aliado com sua alta mobilidade pelo mapa.

1:02

Tiraram Sion, ele é forte para segurar o jogo, mostra que o objetivo do Flamengo é mesmo o começo do jogo.

O ban do sion TELEGRAFOU jogar mais voltado ao começo do jogo.

1:18

O Galio aparece, como viram foi instaban na LCK, O flamengo é o melhorzinho, e tá disparado na tabela do CBLOL, e ele nem ta fazendo nem metade do que a SKT fez.

Eu sou fã do urgot, é meu avatar até no trabalho, mas como podem pegar um juggernaut? Ele só entra no mid game. Exatos 20 minutos, o flamengo mostrando que vai forçar antes disso e a Keyd fazendo errado.

1:54

Alistar, quando você pega um personagem de All-win como suporte antes de mostrar o adc você telegrafa o tipo de carry que você quer pegar e nisso já se da para counterar esse tipo de personagem serve como iniciador para um personagem que sua essência é defensiva.

Nisso o Flamengo já se mostra um pouco mais evoluído, respondendo com um adc ofensivo, que oprime muito. Lucian foi uma ótima resposta.

2:22

 O alistar mostrou a Kai’sa antes mesmo de ela ser picada.

Eu comentei como se usa o Lucian, você pega um suporte que dá follow-up, mas Tahm Kench foi um erro de pick, Morgana se mostrava muito mais efetiva, pois o escudo mitigaria o dano da Kai’sa que é mais ap e o Alistar nunca conseguiria atordoar dois, além da pressão que a morgana exerce só de existir por causa do seu Q.

Como perceberam não está tão claro como no jogo da LCK,  porque a lógica que estou empregando é diferente do que os times estão executando, eu não entendo a lógica Brasileira, porque ela não faz sentido então me dei ao luxo de aprender.

Vou pular logo para a finalização porque eu não consigo continuar tirando leite de pedra.

O time da Keyd só vai jogar para valer o almoço grátis. É stomp desde os picks.

  • power spike KEYD
  • Urgot é mid game
  • Kai’sa Mid-late
  • Olaf precisa do level 6 ( 8 min mais ou menos)
  • A zoe está presa, porque ela rotaciona cedo, ela seria a salvação do time da Keyd, mas esse Olaf não pode ajudar ela sem seu ult, logo inutilizou o Pick. Tinha que ser um pick mais early, o Lee Sin que foi mostrado era a chave de vitória.

Olhe como a bot e o top  é frágil,  e o Olaf não pode ajudar eles a crescer... E a Zoe tá ali quase como outro minion.

O power Spike do Flamengo é ridículo, sim é, mas está bem melhor:

  • Galio early level 6
  • Nocturne early level 6
  • Ornn saco de pancada que acaba com a tf do early-mid
  • Lucian é mid game

Perceba que a Keyd não tem nada que pare o Flamengo, a zoe, como dito podia ser a salvação, mas o pick de Olaf enterrou mais ainda a Keyd.

O olaf fica forte no early, mas ele tem que enfrentar um Galio e um Noc que ficam forte no mesmo momento. Os laners da Keyd só estão lá para apanhar.

Como viram, e espero que tenha ficado claro, o Brasil é Horrível. E ver jogadores/técnicos arrotando arrogância só me é digno de pena,  porque não sabem nada do jogo. Eu estou me segurando ao máximo para não citar nomes, mas vocês conhecem quem come frango e arrota piru.

Conhecer o jogo desde o beta ter jogado com bonecos antes do Rework não faz ninguém autoridade em competitivo. Tempo de jogo não faz você bom, tanto que nem o tempo do jogo você sabe dominar.

Como digo, sou analista, espero ter ajudado vocês a verem um pouco de como o nosso país  “manda” no LoL.

Sempre que puder vou começar a fazer mais post como esse.

"A força só se revela quando se é destroçado"
8 RESPOSTAS

Re: Analise comparativa de jogo da LCK comparado com o CBLOL

Topson d+ alguém da Raioti contrate essa pessoa
#PorUmFórumComMaisLiberdadeDeIdéias AVANTE!!!
Aronguejo

Re: Analise comparativa de jogo da LCK comparado com o CBLOL

Vo fazer um monte, quem sabe a Riot vê.
"A força só se revela quando se é destroçado"

Re: Analise comparativa de jogo da LCK comparado com o CBLOL

Olha aqui dificilmente alguém vê,maaaaaaaaas o Reddit NA pode ser uma boa
#PorUmFórumComMaisLiberdadeDeIdéias AVANTE!!!
Aronguejo

Re: Analise comparativa de jogo da LCK comparado com o CBLOL

Mas o legal que aqui eu posto em português e ajudo a comunidade BR. no NA é em inglês, afasta muita gente. vou tentar fazer de vários jogos, só de mostrar como o competitivo é e boicotar os que se dizem pro em análise já me faz feliz. Uma hora alguém vê. O conteúdo é bom.
"A força só se revela quando se é destroçado"

Re: Analise comparativa de jogo da LCK comparado com o CBLOL

Rapaz...



Arauto

Re: Analise comparativa de jogo da LCK comparado com o CBLOL

A análise ficou show
Veia - Por onde passa um rio de sangue rico em dióxido de carbono.
Arauto

Re: Analise comparativa de jogo da LCK comparado com o CBLOL

Muito bom o seu tópico amigo, me trouxe mais clareza a algo que só era citado vez ou outra pelos narradores do CBLOL enquanto assisto a algumas partidas. Ótimo comparativo das regiões e espero um dia poder ver um tópico seu de uma partida dentro do jogo mesmo que somente os pontos principais já que seria muita coisa para escrever.

Quanto a arrogância dos 'ANCIÕES' do lol eu tendo a concordar com seu argumento, o jogo não é mais o mesmo do que quando foi lançado e está sempre se adaptando, é necessário estar constantemente estudando o mesmo para que se possa exercer a função de um profissional dentro dele, logo não importa quando você conheceu o league, mas sim o quanto você se dedicou a aprender sobre.

Realmente espero poder ter mais conhecimento aqui no fórum como esse tópico que você postou, espero que mais pessoas possam ler e aprender com ele, assim como enxergar as diferenças que ainda fazem o nosso competitivo estar atrás de outras regiões.
Aronguejo

Re: Analise comparativa de jogo da LCK comparado com o CBLOL

Obrigado amigo, eu estou plenamente desanimado com o lol, mas se quiser eu te passo tdo que eu sei... é o máximo que eu posso fazer por uma pessoa interessada como você.

PS: você escreve muito bem, parabéns.
"A força só se revela quando se é destroçado"